The Daily Prosper
Tradutor comunicação dos surdos

Um tradutor no celular para ajudar a comunicação dos surdos

Mateo Salvatto criou ¡Háblalo!, um aplicativo que permite aos surdos comunicar-se com quem os rodeia graças a um tradutor em tempo real


 

Desde criança, Mateo Salvatto está acostumado a falar com pessoas surdas-mudas. Sua mãe é professora de crianças surdas em Buenos Aires, e ele aprendeu bem rápido a língua dos sinais e a se comunicar desta maneira. No entanto, este inovador argentino incrivelmente jovem via como estas crianças tinham dificuldade para conversar com quem não conhece tal linguagem, e que por isso não podiam pedir coisas tão simples como um copo de leite.

Para superar tal empecilho, Mateo Salvatto, que se define um fanático da tecnologia, decidiu aplicar seus conhecimentos a fim de criar um tradutor que permitisse aos surdos-mudos comunicar-se com seu entorno. Com apenas 19 anos, ele criou o ¡Háblalo!, um aplicativo que permite aos surdos-mudos transformar texto em voz, e vice-versa. Desta maneira, eles conseguem se comunicar com quem os rodeia.

Para ilustrar o êxito de sua criação, Mateo Salvatto dá um exemplo de como ela funciona: “Imagine que, em uma conferência, um surdo-mudo queira acompanhar o que é dito: basta ativar o app e ver como a voz é legendada em tempo real.” Em uma situação desse tipo, segundo o criador do aplicativo, as possibilidades do ¡Háblalo! se multiplicam. Se essa pessoa quiser fazer uma pergunta, poderá escrevê-la no aplicativo, e a pergunta será transformada em voz para que todos possam escutá-la.

Além disso, o aplicativo também pode ajudar portadores de problemas como paralisia cerebral, afasia e outros problemas de fala. E isso acontece pois ele não apenas traduz a linguagem, mas também conta com uma série de comandos que permitem ao usuário indicar o deseja. Se uma pessoa quer uma bala, por exemplo, basta ativar o comando com o desenho de uma bala. Caso queira um filé, basta ativar o comando com o desenho correspondente e o aplicativo o transformará em palavras.

Em um primeiro momento, Mateo Salvatto concebeu o ¡Háblalo! como um teste que seria demonstrado a seus amigos surdos. Porém, atualmente, conta com mais de 50.000 downloads. Este êxito o fez ser reconhecido como um dos Inovadores Menores de 35 da América Latina 2018, prêmio concedido pela MIT Technology Review em espanhol. Porém, se destina a um público muito mais amplo: “O ¡Háblalo! poderia impactar uma comunidade de 250 milhões de pessoas em todo o mundo”.

Para manter o ¡Háblalo! e começar a criar outros projetos, Mateo Salvatto criou a Asteroid Technologies, empresa que oferece suporte às suas novas ideias. Para este jovem argentino, a sensação é de que sua trajetória está apenas começando, e com um objetivo claro: “Quero criar tecnologia para a inovação social e desenvolvimento tecnológico útil para a sociedade”.