The Daily Prosper
La moda de los productos ecológicos y sus beneficios para la salud ha inundado supermercados, recetas y nuestras propias cocinas. Mucho se ha dicho sobre ellos, pero ¿conoces las diferencias entre estas opciones eco y los productos bio? Cada uno de ellos tiene diferentes propiedades y ventajas. Te ayudamos a descubrirlas todas para que puedas escoger los que mejor van contigo y tu estilo de vida.  Cada vez nos preocupamos más por saber qué comemos: los aditivos, el lugar de cultivo, los nutrientes… Los medi

Produtos bio vs. Produtos eco: principais diferenças

A moda dos produtos ecológicos e seus benefícios para a saúde inundaram supermercados, receitas e nossas próprias cozinhas. Fala-se muito sobre eles, mas você conhece as diferenças entre as opções ecológicas e os produtos biológicos? Cada um deles tem propriedades e vantagens diferentes. Ajudamos você a descobri-las para poder escolher aqueles alimentos que melhor se adequam a você e ao seu estilo de vida.


Cada vez nos preocupamos mais com o que comemos: os aditivos, o local de cultivo, os nutrientes... Os meios de comunicação, a internet e nossa própria curiosidade cuidam disso. E cada vez temos mais respeito e interesse pela alimentação. Por conta disso, segundo o relatório The Green Revolution, nos últimos tempos as dietas vegana ou vegetariana ganharam tantos seguidores. Isso fez com que a venda de produtos ecológicos disparasse. A eles são atribuídos muitos benefícios, alguns certos e outros nem tanto.

 

O que chamar de produtos ecológicos?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, esses alimentos são aqueles que foram produzidos de forma tradicional e sustentável, sem usar produtos químicos ou serem geneticamente modificados. Portanto, esses produtos ecológicos são mais respeitosos com o meio ambiente e mais naturais no momento do consumo. A Espanha é um dos principais produtores desse tipo de alimento devido à sua riqueza de terrenos e ao clima.

É cada mais fácil comprar alimentos ecológicos. Além da internet, com uma infinidade de lojas on-line, os produtos ecológicos estão nas prateleiras de vários supermercados. Na Espanha, destacam-se dois:

  • Aldi: este centro tem uma grande seleção de artigos eco, desde leite e laticínios até embutidos e defumados, conservas e legumes. Aqui você pode encontrar uma enorme seleção dedicada exclusivamente à alimentação ecológica.
     
  • Mercadona: embora a força da marca Hacendado seja os produtos sem glúten, ela está ampliando a outros mercados com potencial, como a nutrição ecológica. Ovos, carnes frias ou produtos lácteos com origem eco enchem algumas de suas prateleiras.

A esse tipo de produto é atribuída a falsa vantagem de serem mais saudáveis para nossa dieta. Mas isso é verdade? Segundo estudos da Organização espanhola de Consumidores e Usuários (OCU), eles não contêm um menor número de toxinas em comparação com os produtos processados, não possuem mais propriedades nutricionais nem são melhores do que os convencionais. São, simplesmente, cultivados e elaborados de forma mais respeitosa com a natureza e menos agressiva com o meio ambiente.

 

O que são os produtos biológicos?

De acordo com a regulamentação europeia, ambas as denominações são sinônimas. A OCU diz ser uma questão idiomática: ecológico em espanhol e biológico em francês. No entanto, somos nós, os próprios consumidores de produtos bio, que traçamos linhas diferentes. Assim, para fins práticos, o alimento biológico é aquele que cuida do meio ambiente, mas também respeita o processo genético natural das espécies, seus ciclos reprodutivos e a biodiversidade.

Encontrar produtos biológicos é uma tarefa mais complexa do que encontrar produtos ecológicos, porque sua produção é muito mais cara, o que afeta a demanda e o preço final. Um exemplo: meio quilo de macarrão de trigo não transgênico pode ser 1 euro mais caro que um pacote de marca branca de qualquer supermercado.

Portanto, os produtos bio on-line são os mais famosos existem vários sites que os comercializam , embora existam supermercados onde é possível encontrá-los e redes especializadas, como é o caso da espanhola Supersano. Um dos seus nichos de mercados mais potentes são os produtos bio para bebês, uma vez que nessa dieta as decisões respeitáveis e orgânicas pesam mais.

 

Diferença entre produtos biológicos e ecológicos

Em suma, qualquer produto acompanhado pelo adjetivo “eco” ou “bio” é sinônimo e se refere a aqueles alimentos que não foram tratados quimicamente, que foram cultivados a partir do respeito à natureza e que não foram modificados geneticamente. É o que o determina o regulamento 834/2007 de Bruxelas. Portanto, suas diferenças ocorrem em um nível subjetivo de consumidor, com base em nossas percepções. O que entendemos quando falamos de produtos eco ou bio?

Os produtos biológicos são percebidos como algo mais natural, nutritivo e benéfico para a saúde. Enquanto isso, os ecológicos são aqueles com um caráter mais ambiental e respeitoso. No entanto, isso não é totalmente correto e levou a muitos falsos mitos sobre essa forma de alimentação.

  • Que estão livres de resíduos: essa afirmação não é completamente verdadeira. Embora os produtos orgânicos tenham sido cultivados ou criados de modo natural e sem pesticidas químicos, é impossível que eles estejam completamente limpos. Para começar, porque contempla-se o uso de pesticidas naturais. Também é preciso somar a poluição, presente na água, no ar e na própria chuva. Dessa maneira, para que um produto estivesse totalmente limpo, ele deveria ser criado em uma bolha.
     
  • Que são mais ricos em nutrientes: isso também não é verdade. Inúmeros estudos afirmam que, ao comparar produtos convencionais e ecológicos, os resultados são muito semelhantes. Os níveis de vitaminas ou nutrientes não variam substancialmente, embora a presença de elementos químicos potencialmente nocivos sim.

Em suma, os motivos mais fortes para consumir alimentos biológicos são a sustentabilidade e evitar componentes químicos e artificiais em nossos alimentos. Não é porque sejam mais saudáveis ou de melhor qualidade, mas porque respeitam o meio ambiente de forma mais eficaz.

No caso de tomar consciência e querer começar a introduzir este tipo de alimentos na sua dieta, você sempre deve procurar pelo selo de autenticidade do produto e do organismo de certificação do país de origem. Você vai ajudar a cuidar do planeta em que vivemos e, como consequência, desfrutar de alimentos de proximidade com um sabor e um aroma mais autênticos. Qual será seu veredicto?