The Daily Prosper
¿Qué hace rentable a un negocio? Lo indispensable para el éxito empresarial

O que faz um negócio ser rentável? O indispensável para o sucesso empresarial

Ao começar um negócio, todos os empreendedores têm algo em comum. É a pergunta: “O que faz um negócio ser rentável?”. Independentemente da natureza da sua empresa, seu objetivo final é ganhar dinheiro e obter rentabilidade. Afinal, estamos falando sobre ter lucro. Mas para isso, temos de alcançar o cobiçado sucesso empresarial, uma aspiração complicada de conseguir, embora não impossível.


Para conseguir um negócio rentável, você deve ter noções empresariais, econômicas, comunicativas, de liderança... uma série de qualidades que vai situar você no ranking das empresas que funcionam. Quais são as noções básicas e como ter sucesso nos negócios?
 

O que é o sucesso empresarial?

Vamos começar pelo início. Ou seja, definindo sucesso empresarial. Como você sabe se o alcançou quando não sabe o que significa? Ele não é medido pelo número dos clientes ou pelos horários em que você foi citado na televisão. Então, como reconhecê-lo?

  • Êxito financeiro: as cifras bancárias no final de cada mês nos darão uma boa indicação se estamos fazendo as coisas certas ou se precisamos melhorar. Neste caso, é importante definir os objetivos financeiros no início do negócio. Para isso, devemos analisar o big data (grande volume de dados) que temos à nossa disposição, o que nos dará todas as informações antes de decolar. Também é importante ter um bom plano de viabilidade do projeto que possa ser apresentado aos investidores e acionistas.
     
  • Construir um negócio a partir do zero: desenvolver uma empresa a partir do nada é muito gratificante. Com isso, podemos ver nossa ideia se tornar realidade, ajudando ou oferecendo um serviço aos nossos clientes que realmente necessitam nosso produto.
     
  • Ajustá-lo ao seu estilo de vida: criar seu próprio negócio deve implicar certas liberdades, é a parte boa de ser seu próprio chefe! Se sua empresa não permite que você viva do jeito que deseja (dentro dos parâmetros racionais), você não está obtendo o sucesso pessoal que isso deveria implicar. Defina: Você quer passar mais tempo em casa? Viajar? Ver a família? Decidir seu próprio destino? Descubra o que você quer e se sua empresa atende a essas necessidades.
     
  • Marcar uma diferença: muitos empresários embarcam na aventura de criar seu próprio negócio com a firme convicção de que suas ideias inovadoras e criativas vão promover uma melhoria. São vários os exemplos: desde Netflix ao Facebook, passando pelo famoso Napster em seu dia. E você, conseguiu?
     
  • Criar empregos: uma boa maneira de saber se as coisas estão indo bem para sua empresa é o número de funcionários que você possui. Quanto maior o negócio, mais gente você vai precisar para administrá-lo e isso significa uma coisa simples: que você está conseguindo.
     

De que depende o sucesso empresarial?

Uma vez definido o que significa conseguir um negócio rentável com base em suas aspirações, chegou o momento de estudar os fundamentos de como realmente ter sucesso. Não importa o tamanho da organização, desde pequenas empresas até PMEs ou mesmo multinacionais todas têm algo em comum. E são os seguintes fatores do sucesso empresarial:

  • Paixão: parece um clichê, mas se você não aproveitar o caminho e se divertir fazendo o que gosta, é improvável ganhar dinheiro e a empresa irá fracassar. Steve Jobs é o exemplo perfeito. Ele desfrutou até o final criando inovações que os consumidores não sabiam que queriam até as terem diante deles.
     
  • Trabalho: ninguém nunca disse que as coisas seriam fáceis. Começar um negócio por conta própria, e que seja bem-sucedido, exige trabalhar duro todos os dias. Por esse motivo, para que sua empresa seja bem-sucedida, você deve se dedicar, ser constante e se atrever a tomar decisões difíceis.
     
  • Excelência: não se meta a concorrer com outras empresas porque não consegue pensar em nada melhor para fazer. Faça algo que você acredita que será o melhor do mercado. Aprenda, olhe, observe, ouça e, acima de tudo, pratique.
     
  • Ir além: as dúvidas e obstáculos que colocamos para nós mesmos são, muitas vezes, as principais causas de um colapso da empresa. Supere todas as expectativas, deixe sua zona de conforto e você conseguirá algo incrível.
     
  • Concentração: esqueça as multitarefas e aprenda a delegar. Concentre-se em apenas uma coisa de cada vez e não a deixe até que ela esteja perfeita.
     
  • Novas ideias: não se feche ao que você acredita nem às inovações. Cerque-se de uma boa equipe, escute as ideias dela e tenha a humildade de reconhecer que podem ser melhores que as suas.
     
  • Insistência: abrir um negócio a partir do zero não é um caminho de rosas. Haverá pedras, buracos, frustrações e muitos erros. Persevere e não se entregue; se você se render, nunca saberá se sua história era um caso de sucesso. Passe pelas críticas, pela rejeição, pela pressão e por aquelas pessoas que tentam afundar você.
     

Como alcançar e medir a rentabilidade de uma empresa?

Agora que você conhece os fundamentos para o sucesso empresarial e as fórmulas para conseguir um negócio rentável, chegou o momento de falar sobre rentabilidade. Como obtê-la?

  • Controle suas despesas com lupa: cada real economizado será um lucro. Por isso mesmo é importante saber aonde vai o dinheiro, ver como esses prejuízos podem ser evitados ou reduzidos e analisar alternativas mais baratas e adequadas para saber como alcançar o sucesso empresarial. Sem cruzar a linha, eficiência em primeiro lugar.
     
  • Aumente as margens de lucro: esta é a diferença entre o preço do seu produto e o que o cliente paga. Ou seja, os lucros que você obtém ao subtrair o custo de produção. Aumente os preços de forma equilibrada com os da concorrência e tente reduzir as despesas de fabricação.
     
  • Gerencie o inventário: prepare orçamentos mensais e anuais e siga-os à risca. Explore ao máximo o inventário que você já possui.
     
  • Cuide dos seus clientes: uma das primeiras lições aprendidas na escola de negócios é que um novo cliente é sempre mais caro do que um já existente. Você precisa investir para captá-lo, cuidar dele, procurá-lo etc. Por outro lado, um consumidor satisfeito e recorrente é o melhor investimento, uma vez que ele repetirá as compras sempre que receber um tratamento adequado. Além disso, você pode fazer referência a outros consumidores potenciais.
     
  • Fortaleça-se com a tecnologia: ela é sua aliada. Você pode reduzir os erros, a cadeia de produção e as horas de trabalho de seus funcionários. Ela ajuda a analisar milhões de dados e economiza tempo, otimizando ao máximo o funcionamento da empresa. Não repare nela, ela sabe como ser um negócio bem-sucedido bem antes de você.

Ao medir a rentabilidade, nada como calcular suas despesas e seus lucros. Subtraia-os e se o resultado for positivo, voilà! Você está fazendo a coisa da maneira certa.