The Daily Prosper
A internet das coisas (IoT) e os desastres naturais

A internet das coisas (IoT) e os desastres naturais

Furacões, terremotos e tsunamis que arrasam com tudo. As catástrofes naturais têm consequências devastadoras nas cidades por elas atingidas. Além disso, a falta de meios técnicos e os obstáculos físicos dificultam o trabalho dos serviços de emergência.


No entanto, os atuais dispositivos da internet das coisas (IoT, sua sigla em inglês) se apresentam como uma solução para reduzir o impacto desses desastres. Trata-se de objetos, compostos por sensores inteligentes, que estão conectados entre si e através da internet. Desta maneira, transmitem informação a tempo real e fazem uma coleta de dados mais precisa.

Estes sensores se situam sobre o terreno ou sobre instalações como diques ou postes de eletricidade. Medem a temperatura, o nível do terreno, a qualidade da água e do ar. Alguns, como os empregados em terremotos, também alertam, com curta antecipação, quando acontecerá um abalo sísmico.

Dessa forma, a internet das coisas aporta um aspecto fundamental para fazer frente aos desastres naturais. A análise sobre a evolução de uma catástrofe permite aos governos e às equipes de emergência dar uma resposta mais rápida à população e estabelecer estratégias de salvamento que estejam disponíveis a todo mundo.

Internet de las cosas (IoT) frente a los desastres naturales