The Daily Prosper
Si quieres ganar dinero, estos son los 5 empleos mejor pagados en España

Estes são os 5 empregos mais pagos na Espanha em 2017

O mercado de trabalho nem sempre é fácil, mas algumas profissões podem abrir a porta para um futuro no qual você tenha a chance de ganhar valores significativos... até mais de 100.000 mil euros anuais! Claro que eles exigem uma alta qualificação, mas se você está disposto a se sacrificar, estas são suas melhores opções.


Os dados não dão muita esperança: os trabalhadores espanhóis ganham uma média de 23.106 euros por ano, de acordo com o Instituto Nacional de Estadística (INE); o salário médio, aquele que divide o número de trabalhadores em duas partes iguais, é de 19.466 euros; e, finalmente, o salário mais frequente é de cerca de 16.500 por ano. Três formas distintas de medir o mesmo e três resultados que, sem se deixar enganar, não são para soltar fogos e celebrar.

No entanto, alguns profissionais se distanciam dessas cifras. São profissionais com uma alta qualificação, que têm a oportunidade de desfrutar de melhores salários. Vamos ver quais são.
 

1. Piloto comercial

Quanto cobram?

Apesar do surgimento de companhias aéreas low cost e de que talvez a profissão não tenha mais o glamour do passado, os pilotos ainda lideram o ranking salarial. O salário-base inicial dos comandantes varia entre 56.000 e 120.000 euros anuais, dependendo da empresa para a qual trabalham, mas a isso temos de somar adicionais e complementos. No entanto, os pilotos que contam com uma certa experiência por exemplo, mais de 10 anos de voo superam em muito essas quantias e podem chegar a ganhar até 200.000 euros de salário-base.

Quais são os estudos necessários?

Para ser um piloto, é necessário passar por uma academia e superar os testes pertinentes para obter a licença de aviação comercial correspondente (ATPL, na sua sigla em inglês). Além de possuir as condições e aptidões físicas e mentais mínimas para reter e demonstrar o conhecimento teórico e prático exigido, é necessário ter um nível de inglês equivalente ao Avançado da Universidade de Cambridge e um certificado médico classe 1, o mais restritivo e exigente, especialmente em aspectos como a acuidade visual.

Quanto tempo é preciso se dedicar?

As escolas onde se obtém a licença são privadas e esta pode ser obtida através de um curso integrado ou modular. No integrado, todas as licenças prévias piloto privado e piloto de linha são obtidas em um único curso de um ano e meio, enquanto no modular são obtidas uma a uma, sendo necessário um tempo estimado de três anos. O desembolso para obter a licença pode rondar os 150.000 euros, segundo o sindicato de pilotos Sepla.

É um enorme investimento, mas devemos ter em mente que, além dos altos salários, enfrentamos um setor cujas perspectivas de emprego são muito positivas: de acordo com um estudo da Boeing, entre 2016 e 2034 serão criados 1,16 milhão de empregos e, em particular, serão necessários 558 mil pilotos comerciais e 609 mil técnicos de manutenção de aeronaves.

 

2. Cirurgião

Quanto cobram?

A área de saúde também é um setor importante na escala dos salários. Deve ser porque “a saúde é o mais importante”. Os médicos da saúde pública espanhola cobram um salário-base de mais de 56.000 euros anuais, um valor que pode variar até um 35%, dependendo da comunidade autônoma em que exercem. Além disso, é preciso levar em conta que também se pode combinar o trabalho no serviço público com uma posição similar na saúde privada e no setor privado os salários variam entre 60.000 e 100.000 brutos anuais, dependendo da especialidade e do prestígio profissional do médico em questão.

Mas se você realmente quer ganhar dinheiro, deve saber que os cirurgiões são os médicos mais bem pagos. Embora a quantia final também dependa de certos fatores, como especialidade, horas extras e reconhecimento profissional, é habitual que o salário dos cirurgiões supere os 100.000 euros por ano. E atenção, porque se você se dedica à cirurgia estética, pode obter cifras de 150.000 euros ou mais, dependendo da boa reputação e da carteira de clientes que a clínica possui.

Quais são os estudos necessários?

Estamos diante de um caso evidente em que uma alta remuneração é precedida por um importante esforço de formação: para ser cirurgião é necessário obter o Diploma de Medicina, em seguida devemos aprovar a residência médica e depois a especialidade de Cirurgia.

Quanto tempo é preciso se dedicar?

O curso de Medicina tem uma duração acadêmica de seis anos, somamos mais três anos à residência médica e, finalmente, a especialidade de Cirurgia é realizada em cinco anos. Portanto, desde que você inicia seus estudos universitários até ser chamado de cirurgião (e aumentar seu nível de renda) passam, nada mais nada menos, que 14 anos.

 

3. Ortodontista/implantologista

Quanto cobram?

Os ortodontistas ou implantologistas, com um salário médio de 65.000 euros brutos anuais, também estão entre os empregos melhor remunerados. Embora o salário possa variar quase 22.000 euros para cima ou para baixo , dependendo do tamanho da empresa para a qual você trabalha, ainda é uma das profissões mais bem pagas.

Além disso, também se trata de um setor que parece ter um futuro promissor: a ortodontia é uma especialidade da odontologia responsável pelo estudo, prevenção, diagnóstico e tratamento de anomalias dento-maxilo-faciais, um tipo de tratamento cada vez mais comum em função da importância crescente da imagem e do cuidado pessoal.

Quais são os estudos necessários?

Para ser um ortodontista, você deve obter um Diploma em Odontologia e, mais tarde, especializar-se em Ortodontia a partir da realização de um programa de mestrado ou pós-graduação. Além disso, é uma profissão em que os contínuos avanços científicos fazem com que a formação contínua seja um fator-chave.

Quanto tempo é preciso se dedicar?

Mais uma vez, o esforço formativo será importante: o curso de Odontologia significa cinco anos de estudos universitários, enquanto os programas de mestrado ou pós-graduação podem englobar mais três anos de estudos.

 

4. Diretor de projetos de engenharia

Quanto cobram?

É preciso esclarecer que uma coisa é ser engenheiro e outra, diferente e melhor desde o ponto de vista econômico, é ser diretor de projetos de engenharia. O nível de responsabilidade deste último é muito maior, uma vez que são responsáveis por planejar, executar, controlar e concluir todo o plano de uma obra de acordo com os prazos, os custos e os padrões de qualidade estabelecidos. Daí, precisamente, a razão por que gozam de uma remuneração média de 60.000 euros por ano.

Quais são os estudos necessários?

Além de possuir um diploma em Engenharia, para chegar a esta posição de gestão é essencial ter um alto nível de inglês e um mestrado ou formação específica em gerenciamento de projetos. E embora isto não passe necessariamente por um treinamento formal, as habilidades de liderança e comunicação são imprescindíveis, bem como a capacidade de mediar conflitos e resolver problemas.

Quanto tempo é preciso se dedicar?

O curso de Engenharia envolve quatro anos de estudos, ao qual você terá de adicionar pelo menos outros dois para concluir um mestrado em gerenciamento de projetos e uma experiência mínima de trabalho de cinco anos como engenheiro para chegar ao cargo de Diretor de Projetos.

 

5. Diretor de TIC

Quanto cobram?

Em um ambiente em que a revolução tecnológica outorga à computação um papel cada vez mais importante no mundo dos negócios, os diretores de tecnologias de informação e comunicação (TIC) que garantem que os departamentos de TI funcionem corretamente também adquirem mais importância dentro da empresa, de modo que a sua é uma das profissões com as quais você pode conseguir uma remuneração muito alta: o salário médio ultrapassa os 50.000 euros anuais.

Quais são os estudos necessários?

Um diretor de TIC normalmente terá de cursar Engenharia Informática. Além disso, é necessário possuir, como é óbvio, um amplo conhecimento de sistemas informáticos, redes e produtos de software, bem como contar com excelentes habilidades de comunicação e organização para planejar o trabalho e gerenciar equipes.

Quanto tempo é preciso se dedicar?

A obtenção do diploma significará um mínimo de quatro anos, mas, a partir daí, é necessária uma ampla experiência de trabalho para alcançar os cargos de direção. Além disso, se há um campo em que é necessária uma formação contínua, é a TIC em que a evolução tecnológica é permanente.