The Daily Prosper
Como levar a inteligência artificial até sua casa

Como levar a inteligência artificial até sua casa

As novas tecnologias baseadas na inteligência artificial transformam as moradias em lugares mais cômodos e seguros. Já existem frigoríficos capazes de fazer compras e termostatos que regulam a temperatura dos cômodos.


O Homem de Ferro e o homem que vive dentro da armadura, Tony Stark, contam com um aliado de luxo chamado Jarvis, um software de inteligência artificial capaz de controlar praticamente tudo. Stark comanda o assistente virtual usando apenas a voz, e o assistente calcula, faz o polimento das armaduras e realiza tarefas domésticas.

Inspirado no personagem da Marvel, o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, quis trazer essa situação à vida real. No ano passado, o fundador da rede social comunicou que estava desenvolvendo um assistente virtual baseado na inteligência artificial para dirigir sua casa e cuidar de aspectos tão diversos como a iluminação e a climatização. Seria um lar inteligente, a incrível casa de Zuckerberg.

O filme O homem de ferro reflete um mundo controlado pela inteligência artificial. E, mesmo que pareça ficção científica, estamos caminhando nessa direção. O pujante setor da Internet das coisas (IoT, em sua sigla em inglês) não para de crescer e também chegou às casas. Trata-se de dispositivos e objetos conectados entre si e através da rede de modo que não apenas possam atuar de forma automática, mas também transmitir informação. Isso acontece em indústrias, mas também em casas particulares, nas quais a geladeira poderia “falar” com a despensa e a cama, com as luzes.

Estes novos eletrodomésticos inteligentes atuam como sensores, reúnem dados e, através da  exploração do big data, oferecem serviços personalizados. Alguém está dormindo? Então as luzes se apagam. Falta comida na geladeira? Então um pedido é feito ao supermercado. O resultado é comodidade, mas também eficiência em aspectos com a economia energética, o que ajuda a reduzir os gastos habituais de uma casa.

Segurança, economia e conforto são algumas das principais vantagens desse tipo de dispositivo, que, pouco a pouco, começa a entrar nas casas de vários países. Segundo o relatório Fjord Trends 2017, elaborado pela empresa de consultoria Accenture, “estas casas conectadas crescerão rapidamente; nos Estados Unidos, por exemplo, 22% das casas contam com, ao menos, um dispositivo conectado”.
 

Aplicativos

Essa é a tecnologia, mas como podemos aproveitá-la em casa? Os dispositivos mais populares são os que podemos controlar usando a voz. Dessa forma, funcionam, por exemplo, os alto-falantes da Amazon, Google e Apple. Como Zuckerberg, quem tiver conhecimento de programação poderá criar uma versão caseira destes dispositivos. Ainda que esse não seja o caso (e o dinheiro permita), também é possível experimentar algumas das seguintes propostas:

Amazon Echo Show. Funciona com a inteligência artificial de Alexa, o assistente virtual da Amazon, com mais de 15.000 habilidades. Esta nova linha foi adaptada às necessidades do lar e mostra, em sua tela, conteúdos da internet. Também dispõe de uma câmera de segurança e pode realizar trabalhos de manutenção, como controlar a iluminação e a temperatura das instalações.

Google Home.  Atua como um centro multimídia dentro da casa. Os inquilinos podem conectar seus smartphones ao dispositivo e utilizá-lo de maneira similar ao uso de um buscador como o Google. Ele permite, por exemplo, perguntar por endereços e escutar música através do Spotify. A “mente” deste aparelho é o Google Assistant, que integra tudo o que buscador sabe sobre seus usuários em seus algoritmos de inteligência artificial.

Homepod. Após instalar Siri nos iPhone, a Apple aumentou sua oferta de assistentes virtuais. Este aparelho propõe uma forma diferente de escutar música em casa. Além disso, a Apple permite conectar o dispositivo com o restante dos seus acessórios inteligentes em seu pacote HomeKit (sensores de movimento, câmeras de segurança, interruptores sem fio etc).

"A inteligência artificial também altera nossos hábitos diários"

Estes são alguns dos aparelhos que modificaram ou modificarão algumas de nossas rotinas, como fazer compras, ligar a calefação e acender a luz.

Frigoríficos. Não lembra a data de validade dos seus produtos ou do que necessita comprar? Graças à sua tecnologia, os frigoríficos inteligentes facilitam a realização das tarefas domésticas. Por exemplo: as câmeras interiores identificam os produtos e criam avisos, segundo as necessidades do seu dono. Alguns modelos permitem fazer compras usando o frigorífico. Firmas como Samsung, LG e Siemens já comercializam seus próprios frigoríficos inteligentes.

Espelho. Este elemento essencial em qualquer casa oferece agora uma infinidade de serviços. O espelho Naked 3D Fitness Tracker, por exemplo, conta com um sistema operativo que escaneia o corpo a fim de analisar aspectos como a hidratação da pele ou a fisionomia do corpo. Porém, com estes espelhos, podemos fazer algo mais do que manter nosso cuidado pessoal, pois agora também funcionam como telas táteis que passam notícias e reproduzem música. É o caso das propostas Apple Mirror e Allview.

Tomadas. Você é dessas pessoas que deixa os eletrodomésticos sempre ligados? Com as tomadas inteligentes poderá programar os aparelhos para que entrem em funcionamento quando você quiser. Alguns dos produtos de maior destaque são os das marcas TP-Link, Panasonic e DiO. Para escolher a melhor tomada, veja se ela tem conexão ao wi-fi e que possa ser controlada de forma remota, e também que seja programável e tenha porta USB para que você possa conectar qualquer dispositivo.

Iluminação e climatização. Regular a intensidade da luz sentado no sofá já é possível. Praticamente todas as marcas oferecem sistemas de iluminação inteligente com tecnologia LED. Costumam contar com sensores de movimento e de luz para modificar a tonalidade e a intensidade. Quanto à climatização, a tecnologia mais popular talvez seja a da Nest. Esta empresa, comprada pela Google em 2014, desenvolveu um termostato inteligente para que cada pessoa controle a temperatura ao seu gosto.

Campainha e fechaduras. Você acredita que as chaves desaparecerão? August Home lançou uma campainha e duas fechaduras inteligentes que permitem controlar as portas e bloquear os acessos. Estes dispositivos são compatíveis com outros suportes como Amazon Alexa ou HomeKit da Apple.

Por Alba Casilda