The Daily Prosper
Bike sharing: bicicletas de aluguel compartilhado em Londres

Bike sharing: bicicletas de aluguel compartilhado em Londres

A capital inglesa é a cidade que mais avançou no compartilhamento de bicicletas nos últimos anos, graças aos sistemas informáticos.


Uma boa rede de transportes públicos define as cidades do século 21. Atualmente, o metrô e o ônibus ainda são as principais peças de mobilidade no quebra-cabeças urbano. No entanto, nos últimos anos, um novo meio de transporte público tem se popularizado. Falamos do bike sharing, que consiste em compartilhar bicicletas a um preço acessível e usá-las para realizar trajetos curtos.

Muitos associam esse conceito à economia colaborativa, que promoveu práticas tradicionais de consumo e é um modelo que aproveita as novas tecnologias para facilitar o acesso a bens e serviços quando o cliente considerar conveniente. O que você quiser, quando quiser, com um único clique. Além disso, a comunidade de usuários também desempenha um papel essencial ao tecer uma rede de confiança que dá segurança aos intercâmbios.
 

O bike sharing consiste em compartilhar bicicletas para realizar trajetos curtos


O bike sharing se encaixa nessa ideia. Sua história é mais longa do que pensamos. As primeiras experiências europeias com um sistema público de bicicletas ocorreram nos anos 1960. No entanto, foi no início da década passada que se deu o boom desta tendência, graças à expansão dos sistemas informatizados.

Desde então, várias grandes cidades do mundo incorporaram o bike sharing em sua rede de transportes públicos. Nesse sentido, Londres se destaca como a cidade europeia com o maior desenvolvimento da rede ciclista.

O clima chuvoso não foi um inconveniente para Londres, em colaboração com o Banco Santander, investir em um programa público de aluguel de bicicletas. O Santander Cycles foi projetado para fazer viagens curtas pela capital inglesa e é considerado por muitos como uma das melhores e mais extensas redes da Europa. Os números apoiam essa afirmação: são 800 estações e 12 mil bicicletas disponíveis 24 horas por dia, 365 dias por ano.

A fórmula londrina de sucesso se baseia nos muitos benefícios do uso compartilhado de bicicletas. Obviamente, alugar uma bicicleta é muito mais barato que qualquer outro transporte tradicional. Uma dica: por 2 libras você pode contratar o Santander Cycles por 24 horas e utilizar o serviço quantos vezes quiser nesse período – apenas certifique-se de que cada trajeto não supere os 30 minutos.


O SANTANDER CYCLES PERMITE CIRCULAR DE BICICLETA POR LONDRES POR APENAS £2/DIA Só esteja atento para que cada rota seja de menos de meia hora.


Outra grande vantagem é o conforto. Não estamos falando do selim, mas sim da praticidade do serviço. Com seu cartão de crédito ou débito, é possível acessar o sistema sem precisar se registrar. É simples. No terminal da estação, você recebe um código, desbloqueia a bicicleta, circula pela cidade e pode deixá-la em outra estação qualquer, aquela que melhor se adapta ao seu passeio. O app faz com que tudo seja ainda mais fácil, informando quantas bicicletas estão disponíveis em cada estação e se estas estão cheias ou não.

Também não podemos ignorar o benefício desse serviço para o meio ambiente. O uso da bicicleta reduz a poluição e descongestiona o tráfego. Além disso, é a desculpa ideal para fazer um pouco de exercício e também uma ótima maneira de limpar a mente – sem contar que ela ajuda você a chegar ao seu destino, feliz da vida.

Londres

DANDO UMA VOLTA DE BICICLETA, VOCÊ PODE DESCOBRIR CANTOS DA CIDADE QUE, DE OUTRA FORMA, PASSARIAM DESPERCEBIDOS


Por último, mas não menos importante, o Santander Cycles permite que você conheça Londres desde outra perspectiva. Você vai economizar tempo e dinheiro em estações de metrô lotadas, como a Piccadilly Circus. Você também vai poder apreciar a paisagem, em vez de “contemplar” as paredes do subsolo, mesmo se tratando do transporte subterrâneo mais antigo do mundo. Em suma, é uma forma menos rígida do que os veículos tradicionais e você não precisa se preocupar nem controlar as linhas, horários e paradas.

O passeio de bicicleta permite explorar partes de Londres que, de outra forma, passariam despercebidos. Existem rotas temáticas para todos os gostos. No famoso distrito de Notting Hill, há um itinerário para os amantes dos parques, passando pelo exótico Kyoto Garden. O passeio pode terminar no imenso Hyde Park, onde você pode estacionar a bicicleta, deitar no gramado ou ouvir os discursos da Speaker’s Corner.

No entanto, lembre-se de que os percursos devem ser curtos – seguindo essa regra básica, você pode traçar o caminho que quiser. Depois de passar a manhã inteira vendo as múmias e relíquias do British Museum, em menos de 20 minutos você está no impressionante mercado de Camden.

Meia hora e algumas pedaladas são capazes de fazer maravilhas. Nesse tempo você pode ir da icônica Torre de Londres até o Big Ben. A capital inglesa não são apenas palácios vitorianos, parques, mercados e cafés. O clima, os sons e cheiros também fazem parte da cultura londrina. Não perca absolutamente nada: monte na sua bicicleta e confira. Poupe dinheiro e descubra Londres no seu ritmo. Contrate o Santander Cycles e chegue onde você quiser.

Por Joan Marc F. Hernández