The Daily Prosper
Agenda cultural: uma exposição para cada perfil

Agenda cultural: uma exposição para cada perfil

A arte, a história e a ciência podem tornar mais leves a volta à rotina após as férias de meio de ano: os museus da Espanha estão repletos de experiências fascinantes à espera de serem descobertas.


Há um mundo mais além do guarda-sol e da espreguiçadeira, sem tempo ou espaço para a nostalgia pós-férias. Felizmente, a oferta cultural na Espanha mostra que ainda há muito para se ver e descobrir. Existem opções para todos os gostos e com as exposições mais interessantes ao nosso alcance durante os meses de setembro e outubro não haverá lugar para o tédio.

Seja quem for nossa companhia (ou sua idade), a rotina não vai nos atingir nessas ilhas paradisíacas de pinturas, esculturas e experimentos para todos os tipos de visitantes. 

 

Em casal?

Dos muitos beijos famosos que atravessaram o mundo da arte, um dos mais famosos por ser visto na sede da Fundação Mapfre, em Barcelona: trata-se de O Beijo, a escultura de mármore de Auguste Rodin, protagonista desta exposição que coincide com o centenário da morte do artista francês.

A mostra O inferno segundo Rodin é uma das grandes atrações da próxima agenda cultural. Ela gira em torno da Porta do Inferno, o conjunto escultural que o artista criou em colaboração com sua amante, Camille Claudel. Uma história de amor tempestuosa temperada com obras tão populares como O Pensador é, sem dúvida, uma boa opção para desfrutar da arte bem acompanhado ou acompanhada.

Mas não é a única. Em Málaga será inaugurada, na mesma época, Somos totalmente livres: As mulheres artistas e o surrealismo, uma exposição no Museu Picasso da capital andaluza que vai mostrar que o surrealismo foi o movimento de vanguarda com mais mulheres entre seus criadores. Mais de uma centena de quadros, fotografias e até mesmo filmes de artistas como Eileen Agar, Claude Cahun ou Leonora Carrington compõem o material perfeito para brincar com a imaginação em boa companhia, tentando encontrar significado na exibição de linhas e cores.

Enquanto isso, Madrid vai receber outro grande evento cultural da temporada com a inauguração, em outubro, de Picasso/Lautrec, a mostra com a qual o Museu Thyssen pretende unir dois gênios que nunca se conheceram: quando o jovem Pablo visitou Paris pela primeira vez, Toulouse-Lautrec vivia seu último de vida. Uma porta ao estilo mais puro de Meia Noite em Paris, que vai possibilitar um passeio em casal por cafés, teatros, circos ou cabarés de mais de um século atrás.

Quem quiser desfrutar uma exposição acompanhado, mas sem caminhar entre pinturas ou fotografias, vai encontrar o que está buscando na Fundação Telefónica, na Gran Vía de Madrid. No seu interior, e até o próximo de dezembro, está o Espaço Realidade Virtual, um lugar onde você pode experimentar e viver em primeira pessoa os aplicativos que irão liderar a próxima revolução tecnológica.

 

Com as crianças

Mas não temos apenas “arte em casal” nesta temporada cultural, que começa em setembro. As crianças também podem ser as protagonistas, com workshops sobre algumas exposições e outras oficinas especialmente projetadas para elas para que comecem a explorar inúmeros mundos.

Um bom exemplo é Aprendendo através da arte, um programa completo do Guggenheim de Bilbao que pretende aproximar as crianças da criatividade, permitindo que elas desenvolvam suas próprias obras com a ajuda de seis artistas do museu, além de contemplar os frutos do trabalho dos participantes da última edição.

E nem só de arte vive a mente dos mais jovens. Quem gostar de ciência pode encontrar na Cidade das Artes e das Ciências de Valência a exposição interativa Uma estrada detrás da tomada: A eletricidade, da central para sua casa, em que crianças e adultos podem ver a explicação desse processo aparentemente mágico que alimenta computadores, celulares e lâmpadas.

Enquanto isso, as famílias que quiserem apresentar seus filhos ao mundo da história (e também do esporte) vão encontrar no CaixaForum de Madrid a melhor opção: Agon! A competição na Grécia Antiga inclui centenas de obras que até agora não tinham saído do British Museum e que explicam fatos e curiosidades dos eventos esportivos através das raízes da nossa civilização.

 

E com os amigos?

Outra opção seria, em Barcelona a Centro de Cultura Contemporânea (CCCB) pela mão da multifacetada Björk. Björk Digital é uma exposição digital interativa que não só aproxima os visitantes do mundo inimitável (e singular) da artista, como também permite explorar as novas tecnologias que vão transformar as narrativas da arte.

Amor, surrealismo, ciência, as noites mágicas de Paris ou as ilusões de óptica são apenas algumas das paradas na rota cultural dos próximos meses, cheia de experiências para serem aproveitadas sozinho, em casal, em família ou com amigos. Graças a essas exposições e mostras científicas, setembro vai passar voando.