Posso ficar tranquilo comprando online?


A leitura vai levar 2 minutes

Os sistemas de segurança de compras online são cada vez mais eficazes. No entanto, é essencial realizar um consumo responsável para evitar golpes


A compra pela Internet se instalou em nossa sociedade. De acordo com o Estudo Anual de Comércio Eletrônico do IAB Spain, 7 de 10 usuários compram online. À medida que o número de vendas aumenta, o mesmo acontece com as empresas que oferecem seus produtos na rede. A Comissão Nacional de Mercados e Concorrência registra que o comércio eletrônico já movimenta 8.525 milhões de euros.

No entanto, com o crescimento do comércio on-line, novas páginas falsas também aparecem e, com elas, fraudes e golpes. Para saber se um site é seguro, temos que verificar se ele possui o protocolo de segurança SSL, ou seja, se a imagem de um cadeado aparece na barra de navegação e se a URL muda de http:// para https://. Esse “S” é de segurança. Dessa forma, senhas ou números de cartão de crédito são criptografados para protegê-los contra hackers.

Dicas para fazer uma compra segura

Prepare seu computador. Antes de comprar online, verifique se você tem um bom antivírus.

Verifique o site. Cheque se é legal, conforme explicado acima. Pesquisar os dados do vendedor pode impedir que você seja vítima de fraude. Desconfie de produtos que parecem ser bons demais.

Verifique os sistemas de pagamento e escolha o que melhor lhe convier.

Qual é o método de pagamento mais seguro?

– Cartão de crédito. É o método mais utilizado pela sua simplicidade. Entramos com os dados do nosso cartão e a compra é feita. No entanto, esse método de pagamento os torna mais expostos. Para evitar o roubo de informações, os estabelecimentos devem usar um sistema de autenticação que possa ser confirmado pelo cliente. O mais normal é enviar um código, através de uma mensagem, para o nosso celular.

– Cartões pré-pagos. Contamos com um depósito mínimo de dinheiro para comprar. Um dos métodos mais seguros para comprar online é o cartão virtual eCash do Banco Santander. Você pode carrega-lo gratuitamente com o valor exato da compra. O mínimo é de 6 euros e o máximo é de 1.650. A operação pode ser feita nos caixas eletrônicos e nas agências do Santander, por telefone, na web ou por aplicativo.

– Gateways de pagamento. Por exemplo, PayPal, Google Wallet, Apple Pay. É um método muito seguro, pois não envia informações do seu cartão para o vendedor.

– Transferências bancárias. Você deposita o dinheiro no número da conta do comerciante. É um sistema mais lento e seu banco pode cobrar comissões.

– Pagamento na entrega. Permite pagar ao transportador, quando ele entrega o produto. No entanto, não é um método amplamente utilizado entre as empresas.

Todos esses métodos contam com sistemas de segurança muito avançados. Nossas ações podem ajudar ainda mais. Verifique se você está usando uma rede segura, não use dispositivos públicos para suas compras e feche a sessão depois de realiza-las. O objetivo é efetuar uma compra on-line mais segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

História das redes sociais

As redes sociais criaram um novo estilo de vida. Porém, suas origens…

Redes sociais além do Instagram e do Facebook

Embora não sejam tão conhecidas como o Instagram e o Facebook, existem…

E-commerce: onde comprar e vender com apenas um clique

A internet se transformou em um grande shopping com e-commerce de todos…