Blazer laser light: uma invenção para a segurança rodoviária das bicicletas

Descubra a história de Emily Brooke, fundadora e CEO do Blazer, um dispositivo de luz laser que avisa os motoristas sobre a presença de ciclistas.

A leitura vai levar minutes

Descubra a história de Emily Brooke, fundadora e CEO do Blazer, um dispositivo de luz laser que avisa os motoristas sobre a presença de ciclistas.


Emily Brooke é uma jovem britânica, amante do ciclismo e usuária deste meio de transporte para se deslocar pela cidade. Blaze Laser Light foi seu projeto de final de curso. Uma ideia simples, mas revolucionária, que deu valor à vida das pessoas que circulam de bicicleta, evitando assim vários acidentes.

É uma luz dianteira acoplada à bicicleta, projetando na estrada o símbolo de uma bicicleta 4,5 metros à frente e fazendo com que o ciclista fique visível para os veículos. Esta luz de cor verde é bastante visível, tanto de dia quanto de noite.

Com apenas 27 anos, Emily conseguiu que seu projeto fosse colocado em prática graças ao apoio do Banco Santander, que confiava na ideia dela e financiou todas as etapas do projeto. Hoje, o Blaze Laser Light é exportado para mais de 55 países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

A mobilidade do futuro já está aqui

O futuro da mobilidade começa hoje. Em alguns poucos anos não vamos tocar um volante e, talvez, nem sequer vamos nos deslocar de carro.

Um aplicativo para potencializar as garagens

Homyhub, vencedor de um dos prêmios de empreendedorismo Explorer 2018 do Banco Santander, pretendia transformar o celular em um controle inteligente de garagem e conseguiu muito mais do que isso.