A incubadora portátil mais inovadora

Conheça o projeto de Mark Lait, uma iniciativa em que a F1 desempenha um importante papel no transporte mais prático de bebês entre hospitais graças aos BabyPods.

A leitura vai levar minutes

Conheça o projeto de Mark Lait, uma iniciativa em que a F1 desempenha um importante papel no transporte mais prático de bebês entre hospitais graças aos BabyPods.


As incubadoras que existem atualmente costumam ser pesadas, o que dificulta o movimento ágil dos bebês. Graças a Mark Lait (diretor da empresa Advanced Health Care) e sua cooperação com a Fórmula 1, bem como à fibra de carbono, agora pais e bebês podem voltar para casa mais rápido. Isso se deve aos BabyPods, pequenas incubadoras portáteis com material leve e resistente, semelhante ao dos carros de F1.

Contamos o caso de Noah, uma menina que nasceu com espinha bífida e hidrocefalia, tendo de ser operada com apenas um dia de vida e depois transferida a outro hospital. Graças ao Baby Pod, ela pôde ir para casa em quatro ou cinco semanas. Os pais podiam tocar sua filha recém-nascida ou acariciar suas mãozinhas quando ela despertava, o que torna um problema como este algo um pouco mais fácil de suportar. Passo a passo, a F1 continua abrindo caminho no mundo da competição e dos carros, mas sobretudo na área da Medicina, incrementando e melhorando a ajuda a setores e pessoas fora da indústria automobilística.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

A mobilidade do futuro já está aqui

O futuro da mobilidade começa hoje. Em alguns poucos anos não vamos tocar um volante e, talvez, nem sequer vamos nos deslocar de carro.

Um aplicativo para potencializar as garagens

Homyhub, vencedor de um dos prêmios de empreendedorismo Explorer 2018 do Banco Santander, pretendia transformar o celular em um controle inteligente de garagem e conseguiu muito mais do que isso.