Bolsas que igualam a educação

O Banco Santander é uma das empresas que entende a educação como o motor do progresso em uma sociedade.

A leitura vai levar 4 minutes

A educação de qualidade é o motor de uma sociedade comprometida com o progresso. É a base de uma cidadania formada. Por isso, é essencial garantir uma educação inclusiva e igualitária, na qual haja espaço para todos. Um compromisso que o Banco Santander assumiu, há alguns anos, tornando-se a empresa privada que mais apoia a educação superior no mundo.


Atualmente, mais de 265 milhões de crianças não estão na escola, apesar de 22% delas estarem em idade escolar. Além disso, 617 milhões de jovens, em todo o mundo, carecem de conhecimentos básicos em leitura ou aritmética, além de um nível mínimo de alfabetização. São dados da ONU que colocam um problema sério sobre a mesa que, longe de desaparecer, parece ainda ter um importante e longo caminho a percorrer. Vale destacar que o acesso à educação é um direito humano básico e, portanto, universal e inalienável.

A educação é a base para melhorar a vida de todos. Cidadãos formados serão capazes de discernir, decidir e, finalmente, liderar o caminho em direção a uma sociedade mais justa, independentemente do local de nascimento, raça ou status social. Portanto, o acesso à educação gratuita, equitativa e de qualidade deve se tornar uma prioridade para governos, agências, empresas públicas e privadas e cidadãos.

Educação de qualidade, prioridade para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A estreita relação entre educação e pobreza é bem conhecida. Ou melhor, entre o difícil acesso à educação e a pobreza. Dessa forma, os grupos sociais mais desfavorecidos são, regra geral, aqueles que receberam menos educação e, portanto, aqueles que têm mais dificuldade em acessá-la e aos seus benefícios.

Por ser um direito humano fundamental, as Nações Unidas trabalham para alcançar igualdade de oportunidades no acesso a uma educação de qualidade. Portanto, colocou essa questão prioritária na quarta posição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável lançados pela ONU, depois que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram cumpridos. São 17 medidas formuladas para erradicar a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas, a nível mundial.

Como forma de compromisso para atingir esses objetivos, o Banco Santander definiu 10 metas responsáveis ​​até 2025, incluindo a concessão de 200.000 bolsas de estudos, estágios e programas de empreendedorismo, entre 2019 e 2021.

Apoio à educação, razão de ser do Banco Santander

O Banco Santander é uma das empresas que entende a educação como o motor do progresso em uma sociedade. Por isso, há alguns anos, decidiu incluir o apoio ao ensino superior como um de seus eixos estratégicos. Embora seu compromisso nessa área vá além, pois também aposta na educação infantil com programas em diferentes países, especialmente na América Latina, para garantir oportunidades iguais para todas as crianças e apoiar o desenvolvimento sustentável.

Segundo o The Fortune 500 Change the world, a entidade presidida por Ana Botín é a empresa privada que mais apoia o ensino superior no mundo, com um investimento de mais de 1.700 milhões de euros desde 2002 e a criação de uma rede de 1.235 universidades e outras instituições acadêmicas em 33 países, através das quais oferece suporte a estudantes, pesquisadores e empresários.

Os esforços da empresa não param de crescer. Assim, durante o último ano, concedeu 73.741 bolsas de estudo e ajudas de estudo universitário e apoiou 20.000 empreendedores universitários, por meio do programa Santander X, que visa se tornar o maior ecossistema de empreendedorismo universitário do mundo.

Todas essas ajudas são canalizadas através do Santander Universidades, a área da entidade que dedica todos os seus esforços para apoiar o ensino superior. Um departamento que integra, por sua vez, a Universia, uma plataforma digital de serviços não financeiros para o ecossistema universitário que oferece serviços de orientação e emprego. E, também, a Fundação Universia, que promove a integração social e laboral de estudantes universitários com deficiência, por meio de bolsas de estudos, estágios e emprego em ambientes colaborativos e inclusivos. Somente em 2018, 603 estudantes universitários com deficiência receberam bolsas de estudo, enquanto outras 153 foram apoiadas no acesso ao mercado de trabalho.

Bolsas de mobilidade Iberoamérica, Bolsas Europa, Santander Inclui, Santander Talent Generation, Bolsas Salario-Ítaca, Prêmio UD Banco Santander de Investigação, Bolsas Georgetown. Uma infinidade de bolsas, ajudas e programas que o Banco Santander tem para impulsionar o desenvolvimento acadêmico e profissional do talento mais jovem, atendendo à inclusão, igualdade de oportunidades e sustentabilidade.

José Rivera Contreras recebeu uma bolsa de mobilidade Iberoamérica, graças à qual ele pôde viajar de seu país natal, o Chile, até Zaragoza, para se especializar em direito ambiental na universidade da capital. Belén Humanes ingressou recentemente na equipe do Banco Santander, depois de ter participado do programa Santander Inclui, dedicado à inclusão de estudantes com deficiência. Já David Díaz e Ana María Barbalata foram dois dos jovens talentos beneficiados pelo Santander Talent Generation.

Eles são apenas uma pequena representação dos milhares de jovens que tiveram suas vidas mudadas em função do compromisso do Banco Santander com o ensino superior. E é provável que alguns deles não pudessem demonstrar seu enorme talento, não fosse por esses auxílios que garantem que todos tenham seu lugar. Eles são o melhor exemplo para mostrar que quando se quer, se pode. E, ainda, que apostar no acesso a uma educação de qualidade é um esforço que deveria envolver todos nós.

Banco Santander, junto com mais de 125 bancos, assina os princípios de Banco Responsável para contribuir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em seu compromisso por um futuro sustentável e inclusivo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Estudar no exterior, fundamental para o futuro profissional e pessoal

E as empresas valorizam de forma positiva que seus futuros funcionários estudem além das suas fronteiras. O Banco Santander é uma delas, através das bolsas de estudo ProUni.

Conhecer o mundo empresarial antes de entrar na universidade

Existem cursos que preparam os alunos pré-universitários para adquirir as habilidades necessárias e encarar suas carreiras pensando em seu futuro profissional, desde o primeiro momento.