Conhecer o mundo empresarial antes de entrar na universidade

Existem cursos que preparam os alunos pré-universitários para adquirir as habilidades necessárias e encarar suas carreiras pensando em seu futuro profissional, desde o primeiro momento.

A leitura vai levar 2 minutes

Existem cursos que preparam os alunos pré-universitários para adquirir as habilidades necessárias e encarar suas carreiras pensando em seu futuro profissional, desde o primeiro momento.

Cientes de que não podem ficar estagnadas, as empresas estão começando a procurar novos trabalhadores mais preparados e que sejam competitivos. Por isso, os jovens que estão prestes a ingressar na universidade visando um futuro profissional devem atender às exigências das empresas.

É fato que se aprende muito no decorrer da carreira, mas é recomendável receber alguma preparação prévia. Tanto é assim que cada vez mais surgem programas de pré-graduação, cursos de curta duração e muito específicos sobre o cenário laboral.

Babson Build para Santander Universidades

Sabendo da importância crescente desses cursos, as instituições estão desenvolvendo uma grande quantidade de programas de apoio.

Como exemplo, o Banco Santander, através do Santander Universidades, oferece bolsas de formação, no exterior, para estudantes de graduação que tenham vocação empresarial. Eles têm a oportunidade de passar uma semana na prestigiosa Babson College, em Wellesley, Massachusetts, considerada uma referência em empreendedorismo.

No ano passado foram distribuídas 30 bolsas que incluíram alojamento no campus, manutenção, aulas com professores especializados e certificado de participação. A próxima edição do programa acontecerá entre os dias 21 de julho e 2 de agosto, e o prazo para as inscrições termina no próximo dia 23 de junho.

O programa do curso está focado na criação e no aprimoramento das habilidades empresariais dos alunos, através de matérias como Pensamento e Ação empresarial, Análise de Mercado, Liderança, Marketing Digital e Habilidades de Negociação.

Um dos requisitos que devem ser cumpridos para participar do programa é estar matriculado em uma das mais de 1.200 universidades de 21 países com as quais o Banco Santander colabora. Na Espanha, são 84. Além disso, os candidatos devem demonstrar um bom nível de inglês.

Por outro lado, os jovens têm a oportunidade de fazer networking e conhecer estudantes de todo o mundo, e como a Babson College é muito próxima de cidades como Boston ou Cambridge, eles têm a possibilidade de interagir com um grande ambiente estudantil.

Alejandro Linde participou do curso há alguns anos e agora está fazendo um mestrado em Administração de Empresas. “Na Babson, eu queria conhecer mais sobre as universidades americanas e entender como os modelos de negócio e o desenvolvimento das startups são abordados. Eu queria ver a diferença entre a metodologia de estudo espanhola e americana “, diz o jovem.

O programa, a chave para o futuro

Alejandro criou um aplicativo que otimiza as rotas turísticas e afirma que o seu tempo no curso o ajudou a ter uma visão muito mais prática, ideal para o seu projeto. “Você sai com vontade de continuar empreendendo, de continuar melhorando. De alguma forma, se ativa esse neurônio, essa força especial que nos leva a empreender “.

Uma das experiências mais valiosas da sua participação no programa Santander Universidades é o compartilhamento dos projetos de todos os alunos, no último dia do curso. “Isso nos ajudou a criar feedback, ver os erros que você comete e aprender com eles.”

É uma grande oportunidade que os jovens podem aproveitar para construir um futuro profissional adaptado às novas demandas e às formas de trabalho das empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Banco responsável: um compromisso com os cidadãos

Os bancos têm se adaptado às necessidades sociais ao longo dos anos. Agora, eles trabalham para participar da evolução da economia sustentável

Descubra o futebol em Madri, a pé ou de ônibus

O Estádio Metropolitano, o Santiago Bernabéu ou o antigo Vicente Calderón são as referências mais óbvias que unem a capital da Espanha ao esporte rei.

Pesquisa e desenvolvimento: o futuro de cada vez mais estudantes

A formação e o desenvolvimento sempre andaram de mãos dadas e, nos…