Talento e financiamento, uma garantia de sucesso

Banco Santander concentra-se especialmente no apoio a talentos, a novas ideias e à natureza empreendedora de estudantes universitários.

A leitura vai levar 3 minutes

Espanha é considerado um país empreendedor. De fato, o Relatório Global Entrepreneurship Monitor Espanha 2018/2019 revela que a Taxa de Atividade Empreendedora (TEA) continua a subir. Está em 6,4%, um ponto a mais que três anos atrás.


Além disso, o estudo sugere que a TEA está mais próxima de atingir os níveis prévios à crise de 2008, que era de 7,6%. Também é importante destacar que 71% das pessoas empreendem porque têm um projeto em que acreditam e não como uma simples forma de auto emprego.

Como afirma o relatório, o que parece ser uma situação promissora e animadora, pode ser interrompida por alguns obstáculos que os mais jovens geralmente encontram em termos de financiamentoimpostos ou burocracia colocados pelas administrações públicas.

Portanto, para eliminar essas travas, é necessário um impulso, tanto pelo governo quanto pelas empresas, e ferramentas financeiras que incentivem o empreendedorismo. Isso se traduz, a longo prazo, em novos empregos e em um estado de bem-estar mais consistente.

Um país e uma sociedade que dão as costas aos talentos estão fadados à estagnação. É importante reconhecer a coragem de uma pessoa que dá um salto no mundo dos negócios, pois seu trabalho envolve um grande esforço. É essencial que ela seja bem assessorada, para que saiba combinar perfeitamente criatividade e estratégia de negócios.

Um dos principais cuidados que os jovens empreendedores devem ter é a gestão do seu orçamento. Precisam saber como administra-lo e não gastar a maior parte no plano de negócios. Esse erro pode fazer com que o projeto não prospere. É bom começar um projeto usando todas as armas possíveis, mas sempre respaldado por um bom assessoramento financeiro.

Santander X, a rede global de empreendedorismo

O Banco Santander está ciente da importância em apoiar o empreendedorismo como elemento chave para o progresso da sociedade.

A entidade presidida por Ana Botín financiou 160 milhões de euros a empresários com poucos recursos e sem acesso a serviços bancários básicos para a criação de PMEs, essenciais ao crescimento econômico.

Além disso, o Banco Santander concentra-se especialmente no apoio a talentos, a novas ideias e à natureza empreendedora de estudantes universitários. Tudo isso através do Santander X, sua rede global estrela de empreendedorismo jovem. Graças a ela, os alunos podem apresentar seus projetos e melhorá-los.

A entidade conecta esses jovens com os três recursos essenciais para qualquer empreendedor: talentoclientes e financiamento. Sempre com o objetivo de transformar suas ideias em um negócio real.

Aprendendo com os melhores

No Santander X é realizado o programa Explorer, Jovens com Ideias.

Trata-se de uma iniciativa voltada a empresários espanhóis, que esse ano formou e orientou 1.812 estudantes universitários. Em seus nove anos de existência, contribuiu para a criação de 600 empresas e promoveu projetos de mais de 6.000 jovens.

Como em todas as edições, os 54 melhores empreendedores poderão visitar, proximos dias, Silicon Valley, o centro nevrálgico da inovação, onde estão empresas como Facebook, Apple ou Google.

Essa experiência permite que eles participem de aulas magistrais em universidades de prestígio e aprendam com os melhores empreendedores do mundo. Assim, eles retornam à Espanha com novas ideias e maneiras de transformá-las em realidade.

Banco Santander, em colaboração com o Centro Internacional Santander de Empreendedorismo, deseja inspirar os jovens e facilitar redes de contatos e financiamento para que seus futuros negócios sejam bem-sucedidos.

Woman Explorer Award, dirigido a mulheres empresárias

O Explorer, graças à colaboração da Fundação EY, também conta com o Woman Explorer Award, que premia com 20.000 euros a melhor iniciativa liderada por uma mulher empreendedora.

O último prêmio foi para a Agrimetrics Global, liderada por Silvia Tomillo, da Universidade de Valladolid. Um projeto que oferece um sistema inteligente de irrigação automática que otimiza a produção, reduz o consumo de água e aumenta a rentabilidade.

Yiran Chen, outro caso de negócio de sucesso

A chinesa Yiran Chen soube do programa Santander X enquanto estudava engenharia na Universidade da Cantábria.

Ela é uma das afortunadas em aproveitar as oportunidades oferecidas pela iniciativa do Banco Santander. Inclusive, já lançou seu projeto NaviSmart, que visa a digitalização de marinas.

Especificamente, é uma plataforma tecnológica que otimiza o tráfego marítimo e as operações portuárias. O usuário terá, ainda, a oportunidade de acessar informações, em tempo real, sobre a disponibilidade de ancoradouros e horários de chegada e partida de embarcações.

Todos esses exemplos deixam clara uma realidade inegável: o empreendedorismo só pode existir graças ao talento, às boas ideias, um ótimo planejamento, financiamento suficiente e forte assessoramento em um caminho que parece difícil, mas, também, estimulante.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Na linha de frente contra as mudanças climáticas e o câncer

David Fairén foi premiado na terceira edição do Prêmio Talento Emergente da Sociedade de Científicos Espanholes no Reino Unido.

O que os jovens procuram em seu ambiente de trabalho?

Empresas de sucesso precisam de equipes preparadas e comprometidas. Portanto, a atração, gestão e retenção de talentos são estratégias fundamentais para o Banco Santander.