Guia de webs e apps para buscar trabalho em 2019

Uma série de ferramentas facilitam a localização de ofertas de trabalho atraentes a partir do nosso. Além do LinkedIn, outras webs e apps oferecem oportunidades em um setor específico ou destinadas ao talento freelance.

A leitura vai levar 3 minutes

Uma série de ferramentas facilitam a localização de ofertas de trabalho atraentes a partir do nosso smartphone. Além do LinkedIn, outras webs e apps oferecem oportunidades em um setor específico ou destinadas ao talento freelance


Dizem que começar não é fácil, e no caso dos profissionais temos mais uma dificuldade: o início não se resume ao primeiro dia de trabalho, mas nasce na busca de um emprego até conseguir um posto. Seja por termos encerrado uma etapa profissional e sermos obrigados a começar outra ou porque queremos empreender uma aventura profissional mais apaixonante do que a atual, procurar o trabalho ideal requer dedicação. Porém, uma série de plataformas on-line podem nos facilitar este processo.

Segundo o Relatório Infoempleo Adecco publicado recentemente, 66,94% das empresas e profissionais de recursos humanos usam com frequência portais de emprego para buscar candidatos. Outros meios que eles empregam com assiduidade são os contatos pessoais (46,72%), as redes sociais (40,98%) e as webs corporativas (37,98%).

Portanto, para descobrir uma oportunidade que se adapte às nossas habilidades, é conveniente que nossa maleta virtual de buscas esteja repleta de diversas ferramentas on-line.

Procurando oportunidades com o smartphone

A maior parte dos portais já contam com uma versão web e apps para fazermos nossas buscas a partir de qualquer dispositivo. Claro que não precisamos visitar todos eles diariamente: ativar suas notificações e alertas simplificará nosso trabalho.

Alguns dos portais generalistas mais conhecidos são: 

– Enojos. Nascida há duas décadas, continua sendo uma das webs mais populares na Espanha: em 2018 foram publicadas mais de três milhões de ofertas. Os vários filtros que oferece para segmentar as buscas (por localização, palavrachave, estudos ou experiência), a possibilidade de incluir diversos currículos em uma mesma conta ou a opção de fazer um seguimento completo das candidaturas são algumas de suas vantagens.

– LinkedIn. É a rede social profissional por excelência (conta com cerca de 560 milhões de usuários no mundo inteiro) e permite conectar com outros profissionais e encontrar ofertas de trabalho através da LinkedIn Empregos ou de seu app. Além disso, a própria plataforma poderá sugerir recomendações de emprego de acordo com nossas buscas anteriores. Para encontrar trabalho por este meio, convém ativar a opção “informar aos técnicos de seleção que você está interessado” para que se destaque nas buscas.

– Index. Com 250 milhões de usuários ao mês segundo sua página, este buscador reúne ofertas publicadas em outros portais de emprego, associações e páginas de empresas. Em alguns casos, é possível solicitar as ofertas através da própria web, mas também pode nos dirigir ao portal que a publicou.

– Eres. O Portal Europeu da Mobilidade Profissional mostra ofertas dos serviços públicos de emprego dos países da União Europeia, e em 25 idiomasAlém disso, o app oferece a opção de entrar em contato com conselheiros Eres que proporcionam informação personalizada.

Infoempleo, Trove Empleo ou Trabajando.com são outros portais de emprego onde encontrar ofertas generalistas, sobretudo na Espanha, enquanto Rendada, Adecco e Manpower oferecem a possibilidade de conseguir um emprego temporário através de suas webs e apps. Recentemente, o Google lançou o Google Empregos, que indexa ofertas de outras páginas.

Diga quem você… e eu te direi onde procurar 

Além das plataformas generalistas, algumas webs nos permitem encontrar trabalho segundo nosso setor ou a fase em que nos encontramos:

– Jobs Toda. Este aplicativo espanhol é especializado na seleção de pessoal do setor de serviços (alimentação, turismo, comércio varejista…). O ponto forte é sua simplicidade: o envio de solicitações não exige CVs longos e podemos conversar diretamente com as empresas através de chats.

– Cornejo. Embora mostre postos de trabalho de diversos setores, este app é especializado nos de alta rotação (administrativo, tele operador, assessor imobiliário, garçons etc.). Suas ofertas baseadas na geolocalização tornam este app especialmente útil.

– Tecnoempleo. É destinado a profissionais da informática e telecomunicações, sejam estudantes, diretores ou freelances

– Domestika. Embora não seja exatamente um portal de emprego, mas uma comunidade online de profissionais criativos, na Domestika existe também uma seção de empregos. Consultoria criativa, criação e design web, ilustração, animação e vídeo são algumas disciplinas relacionadas às ofertas.

– Primer Empleo. Este portal, que também podemos visitar via app, é um dos mais populares para que os estudantes ou recém-formados sem experiência encontrem ofertas de estágios e bolsas.

– HacesFalta. Se você tem interesse em desempenhar sua carreira profissional no terceiro setor, esta página e app reúne ofertas de voluntariado publicadas por ONGs. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Saber sobre finanças ajuda a controlar nosso patrimônio

As finanças estão no ar. Assim como o amor, elas estão nos feriados, no cinema, nas vendas, no pagamento extra, na moto que você alugou para o fim de semana.

“O objetivo da educação é o avanço do conhecimento e a disseminação da verdade”

“O objetivo da educação é o avanço do conhecimento e a disseminação da verdade”

“A verdadeira educação consiste em obter o melhor de si mesmo”

“A verdadeira educação consiste em obter o melhor de si mesmo”