Formação para o empreendedorismo: Aprenda a empreender

Aumenta a oferta de cursos e pós-graduações destinados a promover as ideias empreendedoras.

A leitura vai levar 3 minutes

Aumenta a oferta de cursos e pós-graduações destinados a promover as ideias empreendedoras.


Ser empreendedor ou empreendedora é uma daquelas profissões que não podem ser estudadas na universidade. Capacidade criativa, ambição e ideias para empreender não se ensinam, mas a formação específica em empreendedorismo pode servir como um impulso para aqueles que desejam conquistar habilidades especiais para o seu projeto.

Curiosamente, os empreendedores com uma formação concreta voltada para a criação de empresas são os que representam a menor taxa de abandono diante dos projetos, de acordo com o relatório nacional Empreendedorismo Observatory Global Entrepreneurship Monitor (GEM). A formação não é garantia de sucesso, mas você pode adquirir certos conhecimentos e habilidades que são realmente úteis para alcançá-lo.

Por esta razão, praticamente metade dos empresários espanhóis foi especificamente treinada com esse fim e esse número só vem aumentando.  Nas chamadas “empresas nascentes” (projetos com menos de três anos), mais da metade dos empreendedores já possuem esse tipo de formação. Este grupo é o mais susceptível de realizar um projeto, tal como registado pelo GEM, e afirma, ainda, um aumento substancial da “taxa de atividade empreendedora” na população, com nível superior (6,5% em 2017 a 14% adverte 2017).

Ao mesmo tempo que cresce o número de empreendedores, também se multiplicam, na Espanha, as pós-graduações e cursos focados em empreendedorismo, em universidades e escolas de negócios que oferecem diferente títulos, alguns até mesmo internacionais. Dependendo das diferentes modalidades, a duração e o programa do curso variam:

Cursos de Formação para Empreendedores

Cursos Intensivos: São de curta duração, como o programa para empresários Babson Start-up Jumpstart, um curso imersivo de duas semanas, em Boston (Estados Unidos), para o qual o Banco Santander oferece 20 bolsas de estudos. No desenvolvimento deste programa, os alunos testarão seus conhecimentos por meio de simuladores de negócios e práticas reais, preparando-se para adquirir as habilidades necessárias para a implementação de um projeto.
Programas de aceleração: Estes planos têm uma proposta semelhante aos cursos intensivos, mas com uma duração mais longa. São oferecidas as ferramentas para dar início aos projetos, através do diagnóstico do cenário, pontos fortes e fracos de cada um deles, para que os empresários possam determinar a estratégia dos seus negócios.
Pós-graduação: Esses títulos, em contraste com os anteriores, concedem um certificado acadêmico, diante de um esforço econômico e de tempo. Seus programas de estudos para empreendedores se especializam em diferentes áreas da empresa e costumam durar cerca de dois anos. A opção alternativa mais flexível é sua versão on-line, que dá a liberdade de escolher quando e onde receber os conteúdos, com a possibilidade de tornar esses estudos compatíveis com o mundo do trabalho. Entre os benefícios dessa modalidade, está seu preço, geralmente, mais barato do que nos cursos presenciais. Algumas são apenas on-line, mas outras entidades oferecem exatamente o mesmo título em ambas as modalidades.

Na categoria de pós-graduação, o modelo de MBA (Master of Business Administration) se destaca. São programas de pós-graduação voltados para profissionais, já com certa experiência, que desejam conhecer melhor o funcionamento do mundo dos negócios. Esses títulos têm grande prestígio internacional e leva pelo menos dois anos para terminá-los. As diferenças com a pós-graduação normal é que o MBA se concentra em um conhecimento mais geral de projetos de negócios e estudos de todas as áreas: economia, marketing, contabilidade, finanças, recursos humanos, logística. Na Espanha, existem duas pós-graduações que estão classificadas no Financial Times como melhor MBA para empreendedores: os das escolas de negócios IESE e ESADE.
Além desses, existem cursos gratuitos que podem oferecer habilidades mais específicas, como o desenvolvimento de comércio on-line ou de aplicativos. Eles, geralmente, têm um número determinado de horas e são ministrados à distância.

Vantagens de uma formação específica 

De cursos gratuitos a pós-graduações e programas de aceleração, a oferta para os empreendedores que desejam se aprimorar é enorme. Considerando que quase metade dos empresários tem formação específica para criar empresas e este número aumenta à medida que surgem novos projetos, não é de se estranhar que novos empresários se procupem em se aprimorar e isso só se faz possível através desses tipos de formação.  Entre os grandes fatores que favoreceram a atividade empresarial estão, por exemplo, os programas de apoio oferecidos pelo governo, e a formação de empreendedores. Graças a esse aprendizado, novos projetos são mais eficientes e aumentam as suas chances de sucesso. O treinamento em empreendedorismo pode ser uma escolha acertada para os empreendedores que têm uma ótima ideia e não sabem como realizá-la. Eles não apenas vão obter um melhor conhecimento do ambiente de negócios e expandir sua rede de contatos, mas também vão sair mais motivados e com novas ideias para começar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Educação financeira para as crianças: a economia nas primeiras fases da vida

É importante conversar com as crianças sobre o dinheiro de uma forma natural. E explicar que ele é resultado do esforço e do trabalho.

Uma startup para familiarizar a geração millenial com a cultura de investimento

OpSeeker, criada por Gonzalo Camiña e sua equipe, quer ensinar os mais jovens a investir suas economias e orienta-los sobre o perigo de guarda-las sem fazer um bom uso delas.

6 conselhos para cuidar da sua segurança financeira

Phishing é um termo em inglês que se refere à tentativa de desvendar senhas, através de campanhas que simulam ser de plataformas de confiança.