Como empreender na Internet

Paciência e bom planejamento são essenciais. Não se cria um negócio on-line do dia para noite e nem em um mês. Se deseja ter sucesso, é essencial seguir uma série de etapas.

A leitura vai levar 1 minutes

Paciência e bom planejamento são essenciais. Não se cria um negócio on-line do dia para noite e nem em um mês. Se deseja ter sucesso, é essencial seguir uma série de etapas.


O mundo do empreendedorismo é um dos mais emocionantes, mas também dos mais sacrificados e arriscados que existem. Fazer uma empresa prosperar é muito complicado e qualquer passo em falso pode colocá-la em perigo.

Por isso, é muito importante ser paciente e seguir várias etapas e diretrizes. Assim, as chances de sucesso nos negócios são maiores. Quem se limita a pensar em ganhar dinheiro – e desde o início – tem grandes chances de não dar certo.

O primeiro passo é ter clareza sobre o produto a ser negociado, o público a quem será direcionado, quais serão os fornecedores e, ainda, realizar uma análise do mercado e da concorrência.

Tendo isso claro, o próximo passo é entender o tamanho do investimento que se fará necessário para iniciar o negócio. É essencial conhecer os planos de financiamento oferecidos pelos bancos. Por exemplo, o Banco Santander possui o Empréstimo Profissional 123 e o Fundo Smart.

A terceira etapa é encontrar um provedor de Internet que ofereça uma solução global, ou seja, um sistema exclusivo que forneça uma conexão confiável e econômica, e que permita às empresas acessar aplicativos de missão crítica, aqueles que possuem um Impacto muito importante na operação do negócio.

O seguinte é ter uma forte presença na Internet, ou seja, estabelecer uma boa estratégia de SEO, para que, quando os clientes procurarem pela sua empresa, a encontrem facilmente. Isso pode ser feito através da compra de espaços de mídia, ações em redes sociais e publicação de material audiovisual.

Por fim, também importante, porém muitas vezes esquecido: adeque seu site a todos os dispositivos móveis. Quase 60% das vendas digitais são feitas usando um smartphone. A adaptação aos novos hábitos de consumo é essencial para o futuro do seu negócio.

Por outro lado, é sempre recomendável se informar e estudar para seguir o caminho empreendedor. De fato, aqueles que têm uma boa formação são os que menos abandonam os projetos, de acordo com o relatório do Global Entrepreneurship Monitor. Existem inúmeros cursos intensivos, programas de aceleração e mestrados que podem ajudar a melhorar suas habilidades e conhecimento para a criação de um negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Startup house: desenvolvimento de projetos Santander vivendo em comunidade

Bem-vindos ao Silicor Valley. Um chalé com piscina, em Córdoba. Bem que poderia ser a casa dos sonhos de uma família ou uma reunião de amigos para escolher o próximo destino das férias.

Ser mulher e empreendedora, uma entrevista com Alicia Asín

Alicia Asín, CEO e cofundadora da Libelium, foi a primeira mulher a receber o Prêmio Rei Jaime I ao Empreendedor. Para ela, é fundamental ensinar às meninas (desde a creche) que podem alcançar qualquer coisa.

Humanizando hospitais argentinos através da arte

Milena Castellarin, nascida em Córdoba, desenvolve iniciativas artísticas que tentam oferecer cenários criativos para diferentes centros de saúde.